Ordem dos Frades Menores Conventuais - Custódia Provincial Imaculada Conceição - Franciscanos Conventuais do Rio de Janeiro - PAZ & BEM!!!

quinta-feira, 27 de abril de 2017

Eleição do novo Definitório Custodial

Fazendo parte da penúltima sessão do Capítulo Ordinário, o Custódio eleito apresentou os nomes que entraram em votação nesta manhã, para compor o seu governo Custodial. Foi uma votação tranquila, onde somente um nome foi substituído, por em dois escrutínios (votação), não alcançou o número necessário para assumir esta função.
Os frades eleitos foram: Frei Carlos Charles, Frei José Cardozo, Frei Luis Henrique e Frei Michel Alves da Cruz, sendo destes escolhidos como Vigário Custodial Frei José Cardozo e o Secretário Custodial Frei Carlos Charles. Encerrando esta etapa de votações foi reeleito como Ecônomo Custodial Frei Ariel Costa.
Como de costume acontece a foto oficial e segue até amanhã a finalização dos trabalhos desta primeira etapa do Capítulo. No inicio de junho, na segunda etapa, se escolhe os superiores locais (guardiões), formadores, transferências e outras questões importantes para o próximo quinquênio.
Agradecemos ao governo anterior a dedicação e trabalhos realizados! Desejamos a este novo governo, perseverança, coragem e transparência na condução desta jurisdição nos próximos cinco anos.


Vigário Custodial

Definitório

Novo governo custodial

quarta-feira, 26 de abril de 2017

Custódia do Rio de Janeiro tem novo Ministro Custodial

Reunidos desde segunda feira, dia 24 de abril, na Casa Abel em Araruama/RJ para a primeira etapa do Capítulo Ordinário Custodial. Os frades da Custódia Provincial Imaculada Conceição do Brasil, juntamente com o provincial americano Frei James e o delegado da FALC, Frei Carlos Trovarelli, representande do Ministro Geral, para juntos avaliarem o andamento desta jurisdição nos últimos quatro anos, analisar o parecer das visitas canônicas e eleger o novo governo Custodial.
Nesta XV edição tem como novidade, para se adequar aos Estatudos da Província Nossa Senhora dos Anjos (Província mãe dos Estados Unidos), o tempo de governo na Custódia passa de 4 para 5 anos, a contar com este Capítulo.
Depois de muitos momentos de reflexão, oração e convivência fraterna que marcou os últimos dias, numa sessão rápida e tranquila, foi eleito nesta tarde o novo Custódio Provincial Frei Ronaldo Gomes, OFMConv.
Amanhã pela manhã, será apresentado e eleito o seu governo, ié, Definitório Custodial. (confira publicação sobre isto amanhã)
Agradecemos a todos as orações pelo bom andamento de nosso Capítulo e desejamos a Frei Ronaldo um fecundo, esperançoso e corajoso trabalho junto a esta jurisdição.



Greve do dia 28 de abril

Por Padre Zezinho, SCJ

COM ESTA GREVE NÃO PETETIZEI , NEM TUCANEI , NEM COMUNISTIZEI, NEM SOCIALISTIZEI, NEM PMDBZEI...

Apenas tentei me catolicizar um pouco mais, porque uma coisa é pedir sacrifício do povo e outra é manter e até aumentar os privilégios da classe política, dos bancos e dos que não cedem em nada.

Não estou vendo cortes de políticos, partidos e congressistas. Por mim poderia cortar 50% de todos os gastos com políticos e partidos, reduzir drasticamente o número de deputados e senadores, carros e benesses dos eleitos, como é em países mais politizados ! Os políticos do Brasil são nababos e fazem isso porque acham que somos bobocas que nunca reagem. Contam com as próximas eleições achando que o povo não sabe votar e os elegerão de novo!

Se o sacrifício fosse para todos daria para conversar. Como está, quem vai arcar com estas reformas é quem já arca com elas!

Então aceito esta greve, mesmo que seja esquerdista. Que os outros brasileiros se movimentem e saiam às ruas para defender os promotores e juizes que estão mostrando a podridão da elite política que saqueou o país.
E poucos partidos e sindicatos escaparam dessa roubalheira! Às ruas são para isso, desde que não haja violência. E quem tem medo disso vai ter que engolir novos aumentos e mais privilégios para os políticos que já ganham quase 500 a 1000% do que o trabalhador comum ganharia. Faça as contas !

As raposas e os lobos ainda acham que o povo continua a ser um bando de galinhas e cordeiros. As próximas passeatas e as próximas urnas dirão o que o povo pensa !
Se os políticos são os mesmos, o povo não é mais !

55ª Assembleia Geral da CNBB tem início em Aparecida




"Uma das prioridades das Diretrizes é a Igreja como casa da iniciação cristã", diz Dom Sérgio da Rocha.

Aparecida (RV) – Mais de 350 bispos vão se reunir a partir de hoje, 26 de abril em Aparecida, até o dia 5 de maio, na 55ª Assembleia Geral da CNBB, Conferência Nacional dos Bispos do Brasil.
Os encontros se realizam no complexo do Santuário Nacional, divididos entre reuniões no Centro de Eventos Padre Vitor Coelho de Almeida, e missas na Basílica de Nossa Senhora Aparecida. Neste ano, os debates estarão centralizados no tema “Iniciação Cristã”.
O Presidente da CNBB o Arcebispo de Brasília, Cardeal Sérgio da Rocha, explica que a definição do tema central foi baseada nas Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora para o Brasil, documento que define as necessidades de trabalho da Igreja Católica no país para o período de 2015 a 2019.
“Uma das prioridades das Diretrizes é a Igreja como casa da iniciação cristã. A Assembleia deste ano pretende trabalhar de maneira especial esta urgência”, comenta o purpurado.
Assuntos como o Ano Mariano, os 300 anos do encontro da Imagem de Nossa Senhora Aparecida, o caminho ecumênico, as Novas Formas de consagração e Novas Comunidades, os 10 anos da Conferência de Aparecida e o Sínodo dos Jovens estarão em pauta durante o evento. Temas relacionados à realidade socioeconômica e política do Brasil também devem ser tratados.
Outro ponto importante para os trabalhos da Assembleia será a apresentação de documentos sobre os ritos católicos. Ao menos dois subsídios que tratam do tema devem ser apreciados e debatidos pelos bispos ao longo do encontro.
O primeiro deles será lançado pela Comissão Episcopal para a Doutrina da Fé da CNBB e oferece reflexões sobre exorcismos, rituais de cura e libertação. Já o outro passará pela apreciação dos bispos e trata sobre a atualização da celebração da Palavra de Deus, rito que consiste na reflexão das leituras bíblicas e da comunhão eucarística. Esta prática acontece sobretudo em locais que não contam com a presença de um sacerdote.
A 55ª Assembleia Geral da CNBB inicia na manhã desta quarta-feira, com uma missa no Santuário Nacional de Aparecida, presidida pela Presidência da CNBB. A cerimônia de inauguração da AG será no auditório do Centro de Eventos Padre Vítor Coelho e será aberta à imprensa.
Todos os dias, exceto no domingo, dia 30, serão celebradas missas com a oração do Ofício Divino, das 7h30 às 8h45, no Santuário Nacional de Aparecida. Haverá transmissão ao vivo pelas emissoras católicas de rádio e televisão.
A programação conta ainda com uma celebração Ecumênica no dia 2 de maio, recordando os 500 anos da Reforma Protestante. Na quinta-feira, dia 4 de maio, será realizada uma Sessão Mariana, em comemoração pelos 300 anos do Encontro da Imagem de Nossa Senhora Aparecida e 100 anos das Aparições de Fátima.
De Aparecida para a Rádio Vaticano, Silvonei José

Fonte: http://br.radiovaticana.va/news/2017/04/26/55ª_assembleia_geral_da_cnbb_tem_início_em_aparecida/1308069

quarta-feira, 19 de abril de 2017

O Papa e a carta a Temer


Cidade do Vaticano (RV) - A Sala de Imprensa da Santa Sé confirma que “dias atrás o Santo Padre enviou uma carta pessoal ao Presidente do Brasil. A missiva não foi publicada por ter caráter privado”, afirma o comunicado.

A direção da Sala de Imprensa vaticana acrescenta “tratar-se da resposta do Papa a uma carta do Sr. Michel Temer na qual o Chefe de Estado convidava o Pontífice a visitar o Brasil em 2017 por ocasião dos 300 anos de Aparecida. O Papa respondeu infelizmente não poder ir porque outros compromissos não lhe permitiam”.

“Ademais, como o próprio Presidente Temer em sua carta fazia referência a seu compromisso no combate aos problemas sociais do país, o Papa ressalta tal aspecto e encoraja a trabalhar pela promoção dos mais pobres”, lê-se no comunicado da Sala de Imprensa da Santa Sé.


Os Mais Vistos