Ordem dos Frades Menores Conventuais - Custódia Provincial Imaculada Conceição - Franciscanos Conventuais do Rio de Janeiro - PAZ & BEM!!!

segunda-feira, 18 de novembro de 2013

Características da fé do Seráfico Pai São Francisco (4a parte)

 Fé Cristocêntrica-Teocêntrica

O objeto de sua fé é a pessoa de Jesus Cristo, enquanto filho de Deus. Jesus enquanto dom do Pai (encarnação) e enquanto amor do Pai (paixão), não é somente o centro do coração de Francisco, é também a luz, a força emotiva da qual vive o mistério de Deus, das criaturas e dos acontecimentos, (o Kírios da história). É em Cristo que Francisco vive o mistério de Deus.
Fé pessoal
Francisco situa sua experiência de fé, no diálogo de pessoa a pessoa, mergulhando na alteridade de Deus; decorrendo disso, duas conseqüências:

  • A sua visão se situa no campo do amor, que se torna a sua forma, após a visão do crucifixo de São Damião; o Senhor que lhe falava em Espoleto, se torna o seu Amado. O Beato Frei Tomás de Celano, mostra que entre Francisco e o seu Senhor se inaugurava uma nova relação (2Cel 11); ficando claro o desejo de Francisco de identificar-se com seu amado, desejo esse, realizado no Alverne em 1226 (2Cel 135)
  • Não são as idéias que o move, mas os exemplos do Filho de Deus, a vida concreta da Jesus, seus gestos, suas atitudes, sua pobreza, sua obediência, sua paixão... Enfim, seu destino.
Fé compromissada

São Francisco era implacável na coerência, vida e fé, movendo-se nele sempre num “santo modo de operar” (RNB 10, 10), ele não concebia uma fé que não se expressasse em obras.

Fé terna

A fé em sua vida era pura expressão da sua alma apaixonada, pois ela parte de uma profunda gratidão que perpassa todo o seu sentir, naquele que é o Sumo Bem, o portador de todo o bem. (Adm 19,1), idêntica emoção, se dá quando o Seráfico Pai esta diante da Eucaristia (Adm I, 15-21), como também a sua fé apaixonada pela igreja, sem olhar para os seus defeitos, ‘O Senhor me deu tanta fé nas igrejas que com simplicidade orava e dizia: “nós vos adoramos, Senhor Jesus Cristo, aqui e em todas as vossas Igrejas que estão no mundo inteiro, e vos bendizemos porque por vossa santa cruz remistes mundo. O Senhor me deu ainda tanta fenos Sacerdotes,, que vivem segundo a Igreja Romana...’ (Test 4ss), deixando-o diante do Amado, como uma amante que o espreita.

Fé dinâmica

Francisco queria saber o que o Rei eterno mais queria ou podia querer dele (1Cel 91). “Não pensava que já tivesse conseguido dominar-se, mas firme e incansável na busca da renovação espiritual, estava sempre pensando em começar” (1Cel 103), Francisco foi sempre um homem em estado  de busca; nunca se julgava acabado, pronto, na sua busca pelo Senhor Pobre, Humilde e Crucificado; no encalço do seu amado.
Enfim, podemos destacar que na vida de fé de São Francisco temos: prioridade Cristocêntrica; Força Teocêntrica; o amor como forma de vida e não só como motivo; busca de atos concretos; ternura; emotividade e insaciável dinamismo. Podemos também destacar coerência na fé como unidade de vida; a originalidade de uma vida radicada na fé que foi tomando forma na existência cotidiana.

A sua experiência da fé desembocou numa profunda felicidade; enquanto a humanidade mergulha cada vez mais, numa atmosfera de desespero, após frustradas tentativas da busca da felicidade. 

Nenhum comentário:

Os Mais Vistos