Ordem dos Frades Menores Conventuais - Custódia Provincial Imaculada Conceição - Franciscanos Conventuais do Rio de Janeiro - PAZ & BEM!!!

segunda-feira, 15 de julho de 2013

Doutrina mística de São Boaventura, a partir do discurso do Papa Bento XVI em Bagnoregio em 06 de setembro de 2009


Queridos irmãos e irmãs:
A rica herança e doutrina mística de São Boaventura, esta tarde eu tirar qualquer "pista" de reflexão, que pode ser útil para o caminho pastoral de sua comunidade diocesana. Tratava-se, em primeiro lugar, um incansável buscador de Deus de estudar em Paris, e assim permaneceu até a morte. Em seus escritos, indica o caminho a percorrer. "Uma vez que Deus está em alta, escreve ele, é necessária para a mente a subir a ele com toda a sua força". Rastreamento e árdua jornada de fé, o que não é suficiente a leitura ", sem unção, a especulação sem a devoção, a investigação sem admiração, a observação, sem alegria, diligência sem piedade, o conhecimento sem amor, inteligência sem a humildade, o estudo sem a graça divina, o espelho sem sabedoria divinamente inspirada "Itinerarium.
Este caminho de purificação envolve a pessoa inteira para chegar, através de Cristo, o amor transformador da Trindade. E uma vez que Cristo sempre foi Deus e homem para sempre, realizado no fiel uma nova criação com a sua graça, explorando a presença divina se torna contemplação na alma ", onde ele vive com os dons de seu amor irreprimível "é a última carga transportada. Portanto, a fé é a melhoria das nossas capacidades cognitivas e da participação no conhecimento que Deus tem de si mesmo e do mundo, a esperança do cuidado na preparação para o encontro do Senhor, que marcará a plena implementação da amizade que agora Ele se junta a nós. E caridade nos para a vida divina, considere fazer todos os irmãos homens, de acordo com a vontade comum do Pai celestial.
Além da busca de Deus, São Boaventura foi seráfico cantor da criação , que, seguindo os passos de São Francisco, aprendeu a "louvar a Deus em tudo e através de todas as criaturas", em que "onipotência brilho, a sabedoria ea bondade do Criador. " São Boaventura apresenta uma visão positiva do mundo, presente do amor de Deus para os homens em todo o mundo reconhece o reflexo da suprema bondade e beleza, na esteira de Santo Agostinho e São Francisco, afirmando ser o próprio Deus. Tudo o que nos é dado por Deus. A partir dele, a partir da fonte original brota da verdade, do bem e do belo. Para com Deus, e através dos degraus de uma escada, suba para e quase apreender o Sumo Bem e encontrar nele a nossa felicidade e paz. Qual a utilidade também redescobrir hoje a beleza eo valor da criação à luz da bondade e da beleza divina! Em Cristo, o próprio universo Bonaventure notas podem ser re-voz que fala de Deus e nos encoraja a explorar a sua presença nos incentiva a honrar e glorificá-Lo em todas as coisas. Note-se aqui a alma de São Francisco, cujo amor por todas as criaturas compartilhado nosso santo.
São Boaventura era o mensageiro de esperança. Uma bela imagem de esperança é encontrado em um de seus sermões para o Advento, que compara o movimento de esperança com o vôo do pássaro que estende suas asas o mais amplamente possível e bater-los todos forças. Em certo sentido, tudo está se movendo para subir e voar. A esperança é voar, diz São Boaventura. Mas a esperança exige que todos os nossos membros são colocados em movimento, projetada para o nível real de nosso ser, com as promessas de Deus. Quem espera-estados-"deve levantar a cabeça, direcionando seus pensamentos acima, no auge da nossa existência, ou seja, a Deus."

Nenhum comentário:

Os Mais Vistos