Ordem dos Frades Menores Conventuais - Custódia Provincial Imaculada Conceição dos Franciscanos Conventuais do Rio de Janeiro - PAZ & BEM!!!

quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

Estratégia de combate...


Por Fátima M. B. Lordello, SCR*
Algumas pessoas, ao se converterem, acreditam que terão Paz. Mas não é o que acontece, pois o demônio cria obstáculos para quem opta por seguir o Senhor. Não há motivo, porém, para temer o inimigo que já foi derrotado. 
Ele sim deve temer você e a mim, porque somos filhos e filhas de Deus, coerdeiros com Cristo do Reino. Imagine a raiva dele, pois sabe que tudo o que lhe foi dado no princípio, agora pertence! E como ele é mentiroso e homicida desde o princípio (Jo 8,14), tenta nos enganar de diversos modos, mas seu ataque preferido é levar-nos ao desânimo, isto é, roubar-nos o ânimo, palavra que vem do latim anima, ou seja, alma. Ele quer nossa alma, que nos foi dada por Deus na Criação e que nos distingue das outras criaturas. O desânimo não vem de Deus, mas de seu inimigo que é desleal e usa armas terríveis para alcançar seu plano...
Nossa caminhada com Jesus tem quatro etapas. Quando temos um encontro pessoal com Cristo e nos convertemos, ficamos cheios de gozo, de alegria (Mistérios Gozosos), e cheios de entusiasmo seguimos Suas pegadas, Seu ministério sob a luz do Espírito Santo (Mistérios Luminosos). Então, chegam os momentos dolorosos cheios de sofrimento, quando estamos fracos, com medo, raiva, ansiedade, tristeza, doença, agonia e o inimigo vêm neste deserto nos tentar, utilizando meias palavras, falsas verdades, insinuando que Deus nos abandonou (Mistérios Dolorosos).
E, como bom trapaceiro, tenta incutir em nosso coração que somos muito pecadores e por isso jamais seremos salvos. Ele faz de tudo para nos desviar do caminho e da Vontade do Senhor...
A primeira arma para alcançarmos a vitória é a Sagrada Eucaristia. O inimigo treme diante da Eucaristia, porque ela é sinal da humildade de Jesus que aniquila a Si mesmo para, nas espécies do pão e do vinho (consagrados), ficar perto de nós.
Outra arma infalível contra o inimigo é o Sacramento da Confissão, que é mais poderoso do que a própria oração de exorcismo. Nos momentos de desânimo, recorra a Virgem Maria, e Ela dirá: “Fazei tudo o que Ele vos disser. Vá em frente. Não desanime! Perdoe sempre e aja com Fé, Esperança e Amor”. Loucura?... A loucura de Deus é mais sábia que a sabedoria dos homens (1Cor 2). Então, coragem porque a vitória é nossa. Jesus Cristo derrotou o inimigo e com Ele venceremos a morte e ressuscitaremos no último dia, porque lavamos nossas vestes no Sangue do Cordeiro (Mistérios Gloriosos).
Esta é a batalha que vai nos acompanhar até o fim da vida. Combatamos confiantes, com as armas certas, durante nossa peregrinação terrestre e alcançaremos a vitória, a Paz.
Tudo é possível ao que crê (Mc 9, 23).
*publicado no jornal Nosso Boletim de Araraquara/SP, nº 814 em 05 de setembro de 2009.   

Nenhum comentário:

Os Mais Vistos