Ordem dos Frades Menores Conventuais - Custódia Provincial Imaculada Conceição - Franciscanos Conventuais do Rio de Janeiro - PAZ & BEM!!!

segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

A Ordem avalia sua vida


Na segunda semana de trabalho, o capítulo é recebido com chuva, mas agradeceu a Deus pelo tempo lhes deu. Hoje a oração da manhã foi presidida pelo Frei Rafael Garabito, Custódio da Colômbia. Na sala capitular foram lidos os resultados das reflexões dos grupos, desenvolvidas nos dias anteriores.
Com franqueza e realismo, mantendo o princípio da caridade e misericórdia, foram avaliadas diferentes áreas da vida religiosa: a oração e união com Deus, à vida fraterna e treinamento ministerial. Também avaliou o atual processo de revisão das Constituições, mas a questão parece um pouco distante para muitos frades. 
Os frades que vivem na África (AFCoF) enfatizou as dificuldades de ser convidado a deixar tudo o que é familiar e da necessidade constante de formação para a missão.
Os frades da Europa Central (CEC) chamaram a atenção para a mediocridade e falta de espiritualidade, também ressaltou o desejo de melhorar as relações e programar uma cooperação fraterna sem fronteiras. 
O grupo de Frades da Europa Oriental (CEO) colocou ênfase no aprofundamento da identidade do carisma de Frade Menor Conventual, e o quão importante é a educação continuada e na formação.  O grupo anglo-americano observou os desafios de uma cultura secular que está mudando rapidamente, e isso afeta o estilo de vida dos frades.



Os Frades do Inter Mediterrâneo (CIMP) observa a tensão constante entre os ideais expressos em documentos e realidade diária, sentindo a necessidade de uma formação capaz de dar um testemunho mais límpido com o crescimento dos frades nas relações humanas e obras apostólicas.
 O grupo dos Frades latino-americanos (FALC) falou sobre seu progresso em programas em conjunto de formação inicial, a cuidado aos pobres, e em uma estreita relação com a Igreja local.
O grupo Asiático (FAMC) enfatiza a importância dos Frades mais velhos como "combatentes na oração". A juventude dos bairros, no entanto, ainda não permite uma forte identidade carismática e comunidade inculturada. 



Quase todos os grupos enfatizaram: a necessidade de aprender línguas estrangeiras para superar as dificuldades de comunicação, reviver o espírito missionário e a paixão pela Nova Evangelização, e, sinceramente abraçar multiculturalismo.
No final da manhã, os auditores apresentaram suas conclusões sobre a regularidade da Economia Geral da Ordem. Por fim, o Secretário da Ata disse que amanhã iniciará a terceira sessão do Capítulo em que elegerá o Ministro Geral da Ordem.
Peregrinação a Nossa Senhora dos Anjos
Na parte da tarde, membros do Capítulo foram em peregrinação a Nossa Senhora dos Anjos. Reunidos em torno do berço da Ordem - Porciúncula, os Frades participaram de uma Liturgia Penitencial, a fim de se prepararem melhor para a eleição de mais um sucessor do Seráfico Pai São Francisco. Um belo buquê de rosas a Nossa Senhora dos Anjos iniciou a meditação sobre os textos da Regra e do Testamento de São Francisco.







O jantar foi organizado pelos Frades Menores do Protoconvento que acolheram com hospitalidade os confrades Conventuais. Antes de compartilharem fraternalmente a mesa, houve a possibilidade de visitar os ambientes da construção que protege o lugar que São Francisco amava.
Depois do jantar, o Ministro Geral Frei Marco Tasca, agradeceu de coração ao Custódio/guardião Frei Fabrizio Migliasso, pela acolhida e pela oportunidade dos Frades capitulares fizesse uma pausa de espiritualidade, da qual viveram com gratidão, antes do próximo grande evento do Capítulo Geral.


Texto de Frei Alessandro Ratti OFMConv, tradução São Francisco em CONVersa de:

Veja estas e mais fotos do Capítulo em nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/pages/S%C3%A3o-Francisco-em-Conversa/256538384388268

Nenhum comentário:

Os Mais Vistos