Ordem dos Frades Menores Conventuais - Custódia Provincial Imaculada Conceição - Franciscanos Conventuais do Rio de Janeiro - PAZ & BEM!!!

sexta-feira, 1 de junho de 2012

Convocações / Junho 2012: "Santo Antônio e a Eucaristia"


Dileto(a) Amigo(a) espiritual,

Que o Senhor te dê a paz!


Chegamos ao mês de junho. Neste mês queremos no nosso informativo mensal partilhar com o(a) senhor(a) a alegria da instituição de cinco dos nossos formandos nos ministérios do leitorato e acolitato ocorrida no dia 14 de Maio deste ano. Receberam tais ministérios os frades professos Frei Fábio Soares, Frei Marcelo dos Santos, Frei Leonardo Rodrigues, Frei Paulo Fernando e Frei Michel Alves que cursam o 3º ano de Teologia na PUC-Rio. Com a recepção destes ministérios eles agora de modo oficial podem servir nas comunidades lendo, vivendo, explicando A Palavra de Deus, e, na ausência de sacerdote, presidindo a celebração desta mesma Palavra. Além disso, pelo ministério do Acolitato, eles podem servir ao altar, distribuir a Sagrada Eucaristia nas celebrações eucarísticas e levar comunhão aos enfermos. Todos esses serviços simbolizam o crescimento no caminho que culmina na doação e entrega de si que tão logo farão, de maneira definitiva,ao assumir a radicalmente o batismo por meio da profissão dos votos perpétuos.
Este mês também trazemos uma reflexão escrita por Frei Marcelo dos Santos Silva, OFMconv.



Santo Antônio e a Eucaristia.


A Eucaristia, estimados irmãos e irmãs, é o centro da vida dos santos, assim como o foi para São Francisco de Assis e Santo Antônio. É a fonte e o centro da vida para todas as atividades do dia a dia de todos nós reunidos hoje nesta Igreja. Ela religa o homem a Cristo e, através da fé, leva os cristãos a contemplá-lo. Assim, viver a Eucaristia é amar ao próximo sem limites de religião, raça, cor, família ou Igreja. A Eucaristia é Deus mesmo se repartindo como pão, na doação de Jesus.
Santo Antônio nos fala “que no altar, sob as aparências de pão e de vinho, está presente o próprio Jesus, vivo e glorioso, revestido daquela carne humana com que outrora Ele se ofereceu e ainda hoje continua se oferecendo todos os dias como vítima ao divino Pai”. “Aprende, ó homem, a amar a Jesus. Ele é a sabedoria, Ele é a prudência, Ele é a força, nele está a inteligência de tudo, Ele é a vida, Ele é o sustento, o pão dos anjos, a refeição dos justos, Ele é a luz dos olhos, nele está a
Nossa paz.
Por isso, o amor de Santo Antônio para com a Eucaristia fica bastante evidente no combate que travou contra as heresias de seu tempo, por exemplo, o “milagre da mula”, ou “milagre da hóstia”, retrata bem isto; ele é assim narrado:
Havia um homem de nome Bonillo, que era Cátaro (herege) há mais de 30 anos. Como herege, rejeitava os sacramentos da Igreja, especialmente o sacramento da Eucaristia.  Santo Antônio pregava sobre o Santíssimo Sacramento em Toulouse, sul da França, ano 1227. No meio da pregação um senhor se levantou e o desafiou, contradizendo que a presença de Cristo na Hóstia Consagrada era uma mentira.Ele disse: - O Senhor pode discursar durante horas, mas a verdade é que os fatos reais estão contra seus argumentos. É impossível que Cristo esteja presente na Hóstia Consagrada. Santo Antônio lhe respondeu: - Que problema há no corpo de Cristo estar velado pelas aparências do pão e do Vinho. Conforme suas Próprias palavras. E senhor incrédulo o desafia: - Não, não há problema. Contudo se Cristo está presente nesta Hóstia, sua presença deveria ser sentida por todas as criaturas viventes. Então pegarei minha mula, e na próxima missa estaremos aqui diante da Hóstia e se a mula a respeitar, acreditarei no senhor e na sua fé.Santo Antônio, após ouvir uma inspiração divina, resolve concordar com o desafio. Passou-se três dias, e uma multidão se aglomerou na praça, muitos pela missa e outros tantos para conferir o resultado do desafio do homem infiel. Enquanto Santo Antônio caminhava com o Santíssimo Sacramento e todos os católicos se colocavam de joelhos rezando. O senhor infiel chega conduzindo sua mula, a qual maliciosamente foi privada de alimento durante os últimos dias. Faminto, o animal estava tão violento que nem o próprio dono obedecia.

Contudo, ao se aproximar do Santíssimo, a mula se acalmou, e diante de todos ali presentes, milagrosamente a mula se ajoelhou perante a Hóstia Consagrada ostentada por Santo Antônio.O Milagre gerou gritos e admiração por todos, os católicos entoaram cânticos emocionados. Muitos hereges que ali estavam por curiosidade se converteram ao catolicismo, assim como o senhor dono da mula que reconheceu imediatamente a presença de Cristo, se ajoelhou também se convertendo ao catolicismo após ter pedido perdão por ter sido tão incrédulo.
Uma das grandes devoções de Santo Antônio foi a Eucaristia. Ali sabia ele estar Cristo presente em verdade, numa presença amorosa, pois por amor aos homens deixara-se ficar entre os homens. Sabia que era um profundo mistério. Mas compreendia que, se Deus pudera fazer-se homem e andar entre os homens, podia também fazer-se pão e ficar entre os homens. Daí o amor com que Santo Antônio comungou e, sobretudo, celebrou a Santa Missa. Quem lê seus sermões percebe a chama de amor e entusiasmo com que fala da Eucaristia, como convida todo mundo a receber este Senhor que tão amorosamente fica à disposição dos homens. Recebê-lo significa retribuir-lhe amor.
Nós, que sentimos tanto a nossa fraqueza humana e a incapacidade de vencermos as mil dificuldades que nos cercam, temos no Senhor Eucarístico uma fonte de graças e de energia sempre à nossa disposição. Amar Santo Antônio só é possível na medida em que nos aproximamos do Cristo eucarístico, assim como ele fez e pregou. Comungar é colocar o Cristo dentro de si com toda a sua força. É levá-lo para a nossa vida de cada dia, como companheiro e energia para a vida.

 Continuamos com a nossa campanha Convoque+um. Neste sentido, continuamos a enviar junto com o nosso boletim informativo deste mês, uma ficha de inscrição para o CONVOCAÇÕES. E uma outra para que o(a) senhor(a) possa nos enviar suas intenções de oração e missa, para que possamos rezar em nossas Casas de Formação. Se deseja ser também um benfeitor envie uma carta para:

Franciscanos Conventuais (Projeto Convocações)

Rua Caetano Martins, 42 – Rio Comprido CEP: 20251-050 - Rio de Janeiro - RJ
                                 Ou
Rua Estrela, 14 – Rio Comprido CEP: 20251-020 – Rio de Janeiro – RJ




Texto original do folder para os benfeitores mês de junho 2012
Por: Frei Michel Alves, OFMConv e equipe.

Santo Antônio rogai por nós.

Que o Senhor vos recompense!!!

Um comentário:

Deivi disse...

Parabéns aos frades por terem recebido os ministérios de leitorato e acolitado. É mais um passo e uma conquista na caminhada vocacional de vocês. Vocês merecem. E parabéns também pelo artigo. Muito nos auxilia e também é uma ótima página para podermos indicar aos nossos paroquianos.
Abraços a todos.
Deivi

Os Mais Vistos