Ordem dos Frades Menores Conventuais - Custódia Provincial Imaculada Conceição - Franciscanos Conventuais do Rio de Janeiro - PAZ & BEM!!!

quinta-feira, 17 de maio de 2012

Vocação


A vocação é uma realidade fundamental, dela depende a felicidade humana.

Da consciência da mesma depende o saber por que estamos na vida e como devemos estar.

Não é, portanto, um problema neutro, mas um assunto vital.

TUDO QUANTO EXISTE É RESPOSTA A UM CHAMAMENTO

A palavra «vocação» (do verbo latino «vocare» = chamar) é uma das palavras carregadas de densidade e conteúdo.

Ela diz que na origem de tudo está «Alguém» que «chama», que o universo tem uma finalidade, que nada nem ninguém existe à toa, que a vida tem um sentido, que a pessoa humana tem uma missão a realizar.

Diz-nos igualmente que tudo é fruto de um pensamento amoroso; e diz-nos também que a existência é fruto de um «chamamento», a vida consiste numa «resposta».

 O que é vocação?

ØA Vocação é um chamamento de Deus e tem como finalidade a realização plena da pessoa humana.

ØÉ um gesto gracioso de Deus que visa a plena humanização do Homem.

ØÉ um dom, é graça, é uma eleição cuidadosa, apontando para construção do Reino de Deus.

ØÉ um chamamento para fazer algo, para cumprir uma missão.

ØToda pessoa é vocacionada, é eleita por Deus.

O que é vocação cristã?

ØNo Evangelho há um contínuo convite a seguir Jesus Cristo. Vem e segue-Me. (Mt 9,9; Mc 8,34; Lc 18,22; Jo 8,12).

ØVEM - CHAMADO: é um convite pessoal dirigido por Deus a cada pessoa.

ØSEGUE-ME - MISSÃO: é o seguimento da prática de Jesus.

ØÉ uma iniciativa gratuita, proposta que parte de Deus (dimensão teológica). Impulso interior de cada pessoa onde conscientemente responde ao plano de amor de Deus (dimensão antropológica).

Distinção vocacional
Para compreendermos em profundidade o significado da vocação, temos de fazer uma distinção entre:

VOCAÇÃO FUNDAMENTAL: Matrimônio,  Batismo, ministério sacerdotal, Matrimônio

VOCAÇÃO ESPECÍFICA: celibato consagrado, Batismo, vida religiosa, celibato consagrado.

 VOCAÇÃO FUNDAMENTAL
Entendemos por vocação fundamental o chamamento de cada pessoa A VIDA, a ser Filho de Deus, a ser Cristão, a ser Igreja. A tomar consciência de que todos somos irmãos e fazemos parte do Reino de Deus.
 
Pela revelação sabemos que todos os homens foram chamados por Deus à santidade (Gn 1,26; 2,7; lPe 1,15-16). É um chamamento a desenvolver plenamente todas as nossas potencialidades. Todas as vocações específicas derivam desta vocação fundamental.
 
Pelo Batismo todos somos chamados à Santidade. A Pastoral Vocacional deveria ser a Pastoral da Vocação Fundamental, sob a qual é possível descobrir a Vocação Específica.
 
 

   A VIDA COMO «VOCAÇÃO»:  UM APELO À SANTIDADE

A Igreja é comunidade de crentes chamados à «juventude da santidade», à vocação universal à santidade.

São necessários «pais» e «mães» abertos à vida e ao dom da vida;
Esposos e esposas que testemunhem e celebrem a beleza do amor humano abençoado por Deus;
•Pessoas capazes de diálogo e de «caridade cultural», para a transmissão da mensagem cristã, mediante as linguagens da nossa sociedade;
Profissionais e pessoas simples, capazes de imprimir a transparência da verdade e a intensidade da caridade cristã ao compromisso na vida civil e às relações de trabalho e de amizade;
Mulheres que redescubram na fé cristã a possibilidade de viver plenamente o seu gênio feminino;
 Presbíteros de coração grande, como o do Bom Pastor;
Diáconos permanentes que anunciem a Palavra e a liberdade do serviço aos mais pobres;
Apóstolos consagrados capazes de se imergirem no mundo e na história com coração contemplativo, e místicos tão familiarizados com o mistério de Deus, que saibam celebrar a experiência do divino e apontar Deus presente no vivo da ação.

 COMO É QUE DEUS CHAMA?

Pela comunidade (Mc 3,13 – 19)

Pelas necessidades do mundo e da Igreja (Mc 3, 7- 12)

Pessoalmente e pelo nome (Mt 4, 18-22 ou Lc 5,1-11)

Através de mediadores (Jo 1, 37 – 48)

Pelos valores que nos atraem (Jo 4, 1 – 42)


  Postura vocacional
Estar em sintonia àquele que nos chamou. Vislumbrar na vocação qual é a meta do seguimento para, sempre de novo, retomar o Caminho de con-formação ao Senhor!
O seguir Jesus está além de qualquer programa / projeto pessoal ou desejo à realizar!
É o Senhor quem vai ditando como deve ser este seguimento e como bem realizá-lo! A nós basta a coragem, perseverança e esperança! O formador, com sua experiência, nos auxiliam e animam no Seguimento Vocacional, porém o Agente Primeiro da Vocação é o próprio Deus e o Vocacionado no cultivo do encontro com o Senhor Jesus!
Devemos rezar pelas famílias, o primeiro celeiro das vocações: leigas, consagradas, matrimoniais, religiosas ou clericais! Para que o Senhor envie para a Sua Igreja, santas e sinceras vocações à serviço do Reino e do Povo de Deus! 

n “Buscai o Senhor enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto (Is 55,6).” 

Nenhum comentário:

Os Mais Vistos