Ordem dos Frades Menores Conventuais - Custódia Provincial Imaculada Conceição - Franciscanos Conventuais do Rio de Janeiro - PAZ & BEM!!!

segunda-feira, 21 de março de 2011

Morre o bispo emérito, dom frei Agostinho Januszewicz

Morreu na manhã deste domingo, 20, em Juruá, estado do Amazonas, o bispo emérito de Luziânia (GO), dom Frei Agostinho Stefan Januszewicz, OFMConv, que sofria de câncer. Dom Agostinho, 80, era franciscano conventual. Foi o primeiro bispo de Luziânia e fundador da Província São Maximiliano Kolbe dos Frades Menores Conventuais, em Brasília.

“Dom Agostinho honrou o carisma da Ordem dos Frades Menores Conventuais e testemunhou com fidelidade o amor a Deus e à Igreja. Prestou vários serviços à Igreja e a nossa província. Sua vida foi um testemunho de dedicação ao serviço ao Reino de Deus e de amor à Virgem Imaculada”, disse o secretário provincial, frei Marcelo Veronez, em nota divulgada no site da Ordem.

O bispo diocesano de Luziânia, dom Afonso Fioreze, viajou para Juruá onde acompanhará as exéquias de dom Agostinho. Amanhã, às 10h, haverá missa de corpo presente e, em seguida, o sepultamento no cemitério da cidade.

Dom Agostinho nasceu na Polônia em 29 de novembro de 1930; fez o noviciado em 1950 e a profissão solene dos votos em 4 de outubro de 1954. Ordenado presbítero em 3 de agosto de 1958, foi eleito bispo em 29 de março de 1989, recebendo a ordenação episcopal em 10 de junho do mesmo ano. Era doutor em teologia sistemática, tendo chegado ao Brasil no dia 16 de outubro de 1974.

“Ao longo de sua vida, dom Agostinho adotou o Brasil como sua pátria, como lugar de sua doação até o fim”, disse frei Marcelo.

Dom Agostinho tornou-se bispo emérito de Luziânia em setembro de 2004. Em janeiro do ano seguinte, vai para a prelazia de Tefé, estado de Amazonas, passando a residir em Juruá. Realizava um antigo sonho de ser missionário na Amazônia, atuando na paróquia Nossa Senhora de Fátima. Desde 2008, quando se constata a doença, contava com a companhia do frei Janusz Daneck.

Fonte: CNBB

Nenhum comentário:

Os Mais Vistos