Ordem dos Frades Menores Conventuais - Custódia Provincial Imaculada Conceição - Franciscanos Conventuais do Rio de Janeiro - PAZ & BEM!!!

terça-feira, 1 de março de 2011

Lectio Divina 9º Domingo do Tempo Comum

LECTIO DIVINA - Domingo 06 de março de 2011

9º Domingo do Tempo Comum Ano A

Texto Bíblico: Mateus 7, 21-27

Disse Jesus: Não é toda pessoa que me chama de "Senhor, Senhor" que entrará no Reino do Céu, mas somente quem faz a vontade do meu Pai, que está no céu. Quando aquele dia chegar, muitas pessoas vão me dizer: Senhor, pelo poder de teu nome anunciamos a mensagem de Deus e pelo teu nome expulsamos demônios e fizemos muitos milagres! Então eu direi claramente a essas pessoas: Eu nunca conheci vocês! Afastem-se de mim, vocês que só fazem o mal! Quem ouve esses meus ensinamentos e vive de acordo com eles é como um homem sábio que construiu a sua casa na rocha. Caiu a chuva, vieram as enchentes, e o vento soprou com força contra aquela casa. Porém ela não caiu porque havia sido construída na rocha. Quem ouve esses meus ensinamentos e não vive de acordo com eles é como um homem sem juízo que construiu a sua casa na areia Caiu a chuva, vieram as enchentes, e o vento soprou com força contra aquela casa. Ela caiu e ficou totalmente destruída.

Veja também: Lucas 13,25-27 e 6, 46-49

1 – Leitura: O que diz o texto?

Indicações para a leitura:

Podemos dividi-lo em duas partes :

* Do vers. 21 ao 23: a atitude dos que se sentem muito seguros diante de Deus;

* Do vers. 24 ao 27: parábola da casa construída sobre a areia ou rocha firme.

A questão é: se somos fiéis a Deus em palavras, devemos sê-lo também na vida, nas ações de cada dia. Isto acontecia já na época de Jesus e também hoje. O Senhor não vai reconhecer as pessoas que se dizem religiosas, mas não se afastam do mal buscando o fazer o bem.

Jesus confirma o que diz com a parábola da casa. Convida a edificar nossa casa em rocha firme, a rocha da Palavra de Deus, a rocha que é o próprio Deus. Só assim a vida terá firmeza. Mas quem construir sua casa sobre a areia das coisas deste mundo, sem Deus, não conseguirá firme edificação. Diante das dificuldades da vida sucumbirá e não poderá avançar.

Outros textos bíblicos para comparar: Lc 13,25-27 e Sl 18(17).

Perguntas para a leitura:

* Como começa o texto de hoje? Quem não entrará no Reino de Deus?

* Por que não entrará? Onde está o impedimento?

* O que nos falta para podermos entrar no Reino do Pai?

* O que planejam aqueles que foram rejeitados para poderem entrar no Reino?

* O que lhes responde o Senhor?

* Que parábola usa Jesus para poder confirmar seu ensinamento?

* Qual o melhor lugar para se construir a casa: na rocha firme ou sobre a areia?

* Por quê? Onde está a diferença?

* Aquem Jesus está aplicando estas atitudes dos construtores?

* Que acontece a quem constrói suas casas nestes dois lugares diferentes?

2 – MEDITAÇÃO: O que me diz o texto? O que nos diz o texto?

Perguntas para a meditação:

* Falo muito de Deus e com Deus, porque evito comprometer-me seriamente com o que Ele me ensina em sua Palavra?

* Que incoerência entre palavras e ações o Senhor fala no começo do texto?

* Fico tranquilo cumprindo apenas alguns aspectos do seguimento a Jesus ou busco ser fiel em todas as situações da minha vida?

* Busco ser fiel à vontade de Deus sobre minha vida? Onde posso estar falhando? Fazer uma lista detalhada.

* Sobre quem estou construindo minha vida? Sobre Deus,Rocha firme ?

* Sobre coisas passageiras da vida? Dou mais importância a meus gostos?

* Quais podem ser hoje as tempestades e os ventos fortes na minha vida?

* Que fazer para construir minha casa sobre a Rocha firme de Cristo?

3 – ORAÇÃO: O que digo a Deus? O que dizemos a Deus?

Partilhemos a primeira parte do salmo 18(17):

Senhor Deus, como eu te amo! Tu és a minha força. O Senhor é minha rocha, minha fortaleza e o meu libertador. O meu Deus é uma rocha em que me abrigo. Ele me protege como um escudo; ele é o meu refúgio, e com ele estou seguro. Eu clamo a Deus, pedindo ajuda, e ele me salva dos meus inimigos. Louvem a Deus, o Senhor!

O vers.2(3) compara Deus a uma "rocha" que dá refúgio.

Reflitamos: é importante construirmos nossa casa em solo firme,isto é,em Deus.

4 - C O N T E M P L A Ç Ã O: Como interiorizo a mensagem? Como interiorizamos a mensagem?

Aproveitemos a Palavra deste domingo com a seguinte oração:

Senhor tu és minha Rocha Tu és minha Rocha firme - Tu és minha Rocha firme e permanente. Tu és minha Rocha protetora. Em tua presença e em tua Palavra, quero construir minha vida. Amém! Amém!

5-AÇÃO: Com o que me comprometo? Com o que nos comprometemos?

Proposta Pessoal:

Escolher algo da vida para firmá-lo, a partir de hoje, sobre a rocha firme que é Deus.

Proposta comunitária:

Buscar pessoas que tenham sido coerentes em suas vidas, na prática da própria fé. Pessoas que tenham dito: Senhor, Senhor, mas também tenham cumprido sua Palavra no dia-a-dia de sua vida. Comentar com amigos o que pode ser feito para imitar estas pessoas.


Mons Paulo Daher, Vigário Geral Diocese de Petropolis

Nenhum comentário:

Os Mais Vistos